Não tomar cuidados necessários podem acarretar em prejuízos tanto para saúde quanto para a durabilidade da banheira de hidromassagem. Acesse!

Saiba o que você não deve fazer na hidromassagem

Ter uma banheira de hidromassagem em casa é tudo de bom. Além de possibilitar que você tenha um spa particular, um banho de imersão nessa banheira oferece diversos benefícios: faz bem para o sono, pele, circulação sanguínea e desestressa!

No entanto, não tomar cuidados necessários podem acarretar em prejuízos tanto para saúde quanto para a durabilidade da banheira. Saiba mais sobre o que não deve ser feito em banheiras hidromassagem.

Cuidados ao utilizar a banheira

A cor e a temperatura da água são parâmetros que indicam se ela está própria para o banho. Se a água da banheira para banheiro estiver verde, não faça o banho de imersão. Retire a água e adicione produtos de tratamento de água.

Já em relação à temperatura, o ideal é deixá-la em torno de 32 a 37°C. Acima de 40°C, que é a temperatura máxima das banheiras, pode ser prejudicial. Além disso, shampoo, espuma e bolhas não devem ser colocados, assim como antes de entrar na banheira de hidromassagem dupla, o usuário deve tomar uma ducha. 

Outra recomendação é não utilizar aparelhos eletrônicos enquanto estiver dentro da banheira, assim como não utilizá-la quando estiver sonolento, já que o banho é relaxante e há riscos de afogamento.

Não tomar cuidados necessários podem acarretar em prejuízos tanto para saúde quanto para a durabilidade da banheira de hidromassagem. Acesse!

Ter uma hidromassagem em casa tem muitas vantagens, mas é preciso tomar cuidado

Filtro

Para manter a água própria para o banho, é necessário realizar a limpeza do filtro a cada duas semanas e mergulhar o cartucho em produtos de limpeza de três em três meses. Dessa forma, você não precisará trocar o filtro de seu ofurô com hidro constantemente.

Limpeza da banheira e PH

A limpar a banheira de hidromassagem é fundamental para que ela dure por mais tempo. No entanto, existem certas exigências para que a limpeza seja efetiva e não cause danos. 

Primeiramente, deve-se utilizar produtos de limpeza de qualidade e não tampar a banheira hidro após a adição de produtos químicos. Isso porque cloro e bromo exigem a circulação para eliminar vírus, bactérias e outros contaminantes da banheira, mas produtos de piscina não devem ser utilizados, já que são mais fortes.  

Além disso, drenagem deve ser feita trimestralmente para evitar o acúmulo de sólidos e contaminantes na água.  Não deixe de certificar os níveis de PH e alcalinidade das banheiras de hidro. Os balanceadores de PH e alcalinidade são utilizados para que esses níveis sejam seguros para o uso. 

Por fim, o ideal é não deixar a banheira jacuzzi mais de 80 dias parada, já que isso pode agravar seu funcionamento e travar o motor. Por isso, a manutenção regular é indispensável!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook