Cresce a procura por rastreadores veicularesv

Cresce a procura por rastreadores veiculares

Em 2016, em São Paulo, a procura por rastreadores veiculares cresceu diante da crise econômica. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), apesar de o número de roubos de veículos ter caído 61% entre 2015 e 2016, entre janeiro e junho  ainda foram registrados 357 roubos.

Dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNseg) apontam que  atualmente 60 milhões de veículos circulam no país, no entanto, apenas 17,5 milhões possuem seguro e rastreador automotivo.

Uma das razões que faz com que os consumidores cancelem o seguro ou mesmo sequer contratem é a crise financeira.  Como alternativa, os consumidores acabam utilizando alarmes, bloqueador de carro  e rastreadores. 

Insegurança em Manaus também faz com que procura por rastreadores aumente

Os aparelhos para rastreadores veiculares também se popularizam em Manaus, mas além da crise financeira, o fato se deu em decorrência do aumento dos roubos de carros e motos. Dados da Delegacia Especializada em Roubo e Furto de Veículos  (DERFV) indicam que de 15 a 20 roubos são registrados diariamente.

As principais empresas de rastreadores de veículos indicaram aumento de 30% nas vendas e apontaram que a maioria dos serviços são executados em carros, mas o bloqueador para moto também apresenta grande procura. Além disso, os lojistas também notaram a mudança de público, que agora é formado não só por pessoas jurídicas, mas também físicas. 


Entenda como funcionam os rastreadores veiculares 

A instalação de rastreador veicular é feito por meio de um chip ou de um equipamento em alguma parte do carro, moto  ou caminhão – a intenção é que fique oculto.

Os dados de localização são enviados por meio de satélite e a pessoa cadastrada poderá acompanhar a localização em tempo real. Dependendo da empresa de rastreamento veicular, o acompanhamento do veículo pode ser  feito diretamente pelo celular ou pelo site – essa opção também varia conforme o plano contratado.


Existem três tipos diferentes de tecnologia para sistema de rastreamento veicular, o rastreamento por GPS, radiofrequência e satélite. As modalidades permitem controle de velocidade, definição de trajeto do veículo e o controle de horário de expediente de motoristas para frota de caminhões. É importante lembrar que nem todas as empresas oferecem rastreador com seguro, portanto, informe-se sobre condições de ressarcimento em caso de roubos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook