Rastreador veicular e equipamentos: diferenças

Rastreador, bloqueador e localizador: conheça as diferenças

Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, um carro é roubado a cada minuto no Brasil. Para proporcionar mais segurança ao veículo, além do seguro convencional, existem equipamentos no mercado que proporcionam maior garantia de recuperação nesses casos. São eles rastreador veicular, localizador e bloqueador de veículo.
No entanto, ainda surgem dúvidas na hora de escolher um sistema de segurança complementar para o carro. Saiba mais as principais diferenças entre bloqueadores, localizadores e rastreadores.

Localizador

O localizador é útil por oferecer a localização do veículo, mas não apresenta muita precisão, já que emite sinais por radiofrequência. Dessa forma, a cobertura da localização é limitada apenas para lugares com rede de celular.
Esse equipamento pode ter o alcance de transmissão de sinal de até 10 km, mas esse dado varia de acordo com a qualidade e marca do produto. Além disso, ele também atua como bloqueador de veículo.

Rastreador

É o equipamento mais eficaz do mercado, já que indica uma localização mais precisa. O monitoramento e rastreamento pode ser feito de três formas: por GPRS, que utiliza a rede celular, via satélite e híbrido, que pode ser localizado das duas maneiras.
Existem modelos de rastreadores veiculares que podem ter outros comandos, como trava de portas, sirene, escuta, além de do monitoramento consumo, frenagem e aceleração.
Alguns permitem que o proprietário do veículo faça o rastreamento veicular, mas é mais comum ser realizado pela central. Dessa forma, o rastreador automotivo é o meio que garante maior chance de recuperação do veículo.
Ao utilizar esse equipamento, o valor do seu seguro pode reduzir até 25%. Ao contrário do localizador, esse equipamento oferece a localização em tempo real e é muito utilizado na gestão de frotas de muitas empresas, analisando assim qualquer irregularidade.

Bloqueador

Em casos de roubo ou furto, esse produto é acionado pela central, bloqueando o funcionamento do motor do carro. Para desativar essa função, existe um botão de segurança, porém apenas o motorista sabe onde ele está localizado.
É possível que alguns modelos disparem um alarme para alertar a polícia, por exemplo. No entanto, para o bloqueador veicular apresentar maior eficácia, é necessário instalá-lo juntamente com um sistema de rastreamento veicular ou com um localizador. Desta maneira, além de não permitir o uso do veículo, é possível encontrá-lo por meio da informação de onde ele se encontra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook