Saiba como um detetive pode te ajudar a provar um assédio moral

Saiba como um detetive pode te ajudar a provar um assédio moral

O assédio moral que ocorre em ambientes de trabalho é caracterizado no contexto em que há uma hierarquia entre quem o pratica e a vítima. É importante estar atento e saber quais são as medidas cabíveis que devem ser tomadas nesse caso. Por isso, saiba como um detetive pode te ajudar a provar um assédio moral.

O que diferencia “brincadeira de mal gosto” de um assédio moral é a quantidade de vezes em que a situação ocorre. Isso porque um caso isolado não se enquadra.

As vítimas de assédio moral se sentem inferiorizadas perante os demais integrantes da equipe, além do medo e da humilhação, uma vez que a base desse tipo de assédio é a violência psicológica.

A punição para quem comete esse tipo de crime é de pena de  dois anos de prisão e multa (conforme o artigo 136-A do novo Código Penal Brasileiro).

Como comprovar que houve assédio

Para que o assédio moral seja provado é preciso contar com a resistência psicológica da vítima que deve persistir por no mínimo casos recorrentes para que dessa maneira consiga reunir provas. Afinal trata-se de um caso em que “uma palavra estará contra a outra”.

Por essa razão é interessante contar com o trabalho de um detetive particular, levando em consideração de que as provas além de documentos como e-mais, testemunhas (integrantes da equipe que tenham presenciado tais situações, ou até mesmo passado por algo similar), é importante ter provas materiais, como imagens de câmera de segurança que o detetive empresarial tem acesso, por exemplo.

Ao contratar uma empresa de detetive particular você terá a ajuda de um profissional especializado nesse tipo de serviço que pode inclusive se infiltrar no seu ambiente de trabalho com a intenção de acompanhar o tratamento que é dado para os demais funcionários.

Além de utilizar métodos e ferramentas de empresa de investigação empresarial para o monitoramento de canais de comunicação que são utilizados dentro da empresa. O investigador particular checa e-mails ou até plataformas próprias, se for o caso), gravação de vídeos por meio da instalação de câmeras  e aparelhos de captação de áudios, além de relatórios com informações sobre o que foi coletado e observado durante o tempo de investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook