Empregabilidade: mercado está preparado para deficientes auditivos?

Empregabilidade: mercado está preparado para deficientes auditivos?

Felizmente a inclusão é um assunto bem mais resolvido atualmente em diversas questões, mas o mercado está preparado para receber deficientes auditivos da forma adequada?! Empregabilidade: mercado está preparado para deficientes auditivos?

Como melhorar a sociabilidade do deficiente auditivo

O tratamento de deficiência auditiva é recomendado após o otorrinolaringologista realizar os exames responsáveis por detectar a gravidade do problema, para que dessa forma ele consiga indicar qual o equipamento mais adequado.

O implante coclear é um dispositivo inserido no ouvido de maneira cirúrgica. Ele é utilizado para fazer a função não exercida naturalmente pelo aparelho auditivo, inclusive em casos de má formação.

Os benefícios de utilizar o implante coclear são a volta da audição, melhora no convívio social assim como a profissional e familiar, além de prevenir a depressão – uma vez que essa condição prejudica o psicológico do paciente.

Existem acessórios para aparelho auditivo disponíveis no mercado para auxiliar o tratamento conta a perda auditiva e especialmente para impedir que o seu desempenho venha a ser prejudicado.

Um dos fatores que mais impede o funcionamento correto do implante coclear, assim como os demais tipos de aparelhos auditivos é a umidade. Em virtude disso, é imprescindível que você use o desumidificador para aparelho auditivo que serve para remover a umidade do aparelho,  e prolongar a vida útil dele.

O abastecimento da fonte de energia é importante, uma vez que conforme ele for utilizado o desempenho do equipamento vai diminuindo gradativamente. Portanto, adquira pilhas para aparelho auditivo, afinal se a bateria para aparelho auditivo acabar não há como utilizá-lo. 

Para isso procure procure uma loja de pilhas e acessórios para aparelhos auditivos para adquirir o modelo correspondente como por exemplo a Pilha para Aparelho Auditivo 10/PR70, Pilha para Aparelho Auditivo 13/PR48 e outras.

Mercado de trabalho para deficientes auditivos

Os últimos dados obtidos a respeito da empregabilidade de pessoas com deficiência auditiva no Brasil são de 2015 e apontaram que o número total de empregados regularmente corresponde de 79.389 pessoas. De forma que representam 22,28% do total de 356.345 mil trabalhadores portadores de deficiência no país.

É importante que busquem tratamentos para a sua condição para que não venham a sofrer maiores consequências a respeito, como o risco de ficarem sem emprego devido às limitações da doença.

As pessoas que sofrem com a perda auditiva e que se recusam a tratarem dessa doença enfrentam consequências como a dificuldade de comunicação, o que acaba gerando problemas no ambiente de trabalho, como é o caso da produtividade reduzida por conta da distração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook