Bem-casado gelado

Principais doenças de idosos

O aumento da expectativa de vida mostra que mais pessoas estão chegando à terceira idade, mas isso não quer dizer que precisam menos de cuidados especiais ou estão livres de doenças. Por isso, ao contrário do que alguns podem pensar, o serviço de cuidador de idosos não se torna dispensável!

Inclusive existem doenças bastante comuns que carecem de tratamento médico e serviços de cuidadores de pessoas idosas, como por exemplo:

 

Alzheimer

O mal de alzheimer é uma doença considerada degenerativa que destrói células nervosas responsáveis pela capacidade de memória e pelas funções cognitivas.

Por ser progressiva, os idosos que sofrem de alzheimer passam a não conseguir mais memorizar fatos recentes, reconhecer pessoas, fazer análises ou julgamentos circunstanciais, identificar o significado de palavras e nos casos mais graves até esquecem como comer, andar, ir ao banheiro e outras necessidades básicas.

Essa doença infelizmente não tem cura e torna a pessoa totalmente dependente de um cuidador de idosos particular – principalmente quando nenhum dos familiares pode acompanhar.

 

Parkinson

Os idosos diagnosticados com mal de parkinson tiveram o sistema nervoso atingido, portanto, os neurônios responsáveis pelo movimento vão sendo destruídos lentamente.

Geralmente se manifesta a partir dos 60 anos, mas podem ocorrer com 35. Por isso é importante se atentar aos sintomas que se manifestam quando a pessoa demora mais para fazer movimentos básicos que fazia com facilidade e apresentam tremores sem motivo aparente.

Quando é identificado logo de início, pode ser tratado e ter as sequelas minimizadas, porém não é curável!
Ainda assim é importante ter auxílio de um cuidador ou cuidadora particular para que o idoso não extrapole nos esforços e consiga conduzir o tratamento de forma adequada.

 

O cuidador substitui o enfermeiro?

De maneira alguma o curso de cuidador substitui a especialização em enfermagem. Mesmo quando alguém contrata um cuidador hospitalar, algumas atividades fundamentais – como medir pressão, aplicar injeções, fazer curativos, aplicar técnicas de tratamento – só podem ser feitas por enfermeiros ou auxiliares de enfermagem.

Esse curso só irá ajudar o aluno a entender o que faz um cuidador de idoso e praticar as incumbências do cargo.

A especialização é necessária para quem deseja dominar as funções do cuidador domiciliar ou cuidador para hospital, porque obviamente irão ter preferência no mercado. É pouco provável que alguém a procura de cuidadora de idosos ou cuidador ou contrate cuidador desqualificado ou inexperiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook