Andrés Escobar

Família de Andrés Escobar vai a jogo

A família do ex-zagueiro colombiano Andrés Escobar estará presente ao Estádio Castelão, nesta sexta-feira, às 17h (de Brasília), para acompanhar o confronto diante da seleção brasileira pelas quartas de final da Copa do Mundo. Família de Andrés Escobar vai a jogo

Para homenageá-lo, María Ester e Jose, irmãos do jogador assassinado há 20 anos, vão usar camisas com o número 2 com o sobrenome Escobar.

“Ele era nosso irmão mais novo, nosso orgulho e alegria”, disse María Ester ao jornal inglês Telegraph.

“Eu queria escapar de Medellín, porque a morte de Andrés será falando em todos os programas e jonais, e seria muito duro para nós. Eu preferia passar isso (os 20 anos de seu assassinato) aqui (no Brasil), com a família, e então prestar um serviço de memória quando nós voltarmos para lá”, explicou a irmã.

O colombiano Andrés Escobar, então com 27 anos, ficou marcado na Copa do Mundo de 1994 por um gol contra assinalado para os EUA, o que acabou eliminando sua seleção. Ele foi assassinado em 2 de julho, e a teoria mais aceita para o incidente fatal é a de que pessoas perderam muito dinheiro em apostas por causa do lance infeliz.

Família de Andrés Escobar vai a jogo

Andrés Escobar

Andrés Escobar

Escobar fotos

Escobar fotos

A família do ex-zagueiro colombiano Andrés Escobar estará presente ao Estádio Castelão, nesta sexta-feira, às 17h (de Brasília), para acompanhar o confronto diante da seleção brasileira pelas quartas de final da Copa do Mundo. Família de Andrés Escobar vai a jogo

Para homenageá-lo, María Ester e Jose, irmãos do jogador assassinado há 20 anos, vão usar camisas com o número 2 com o sobrenome Escobar.

“Ele era nosso irmão mais novo, nosso orgulho e alegria”, disse María Ester ao jornal inglês Telegraph.

“Eu queria escapar de Medellín, porque a morte de Andrés será falando em todos os programas e jonais, e seria muito duro para nós. Eu preferia passar isso (os 20 anos de seu assassinato) aqui (no Brasil), com a família, e então prestar um serviço de memória quando nós voltarmos para lá”, explicou a irmã.

O colombiano Andrés Escobar, então com 27 anos, ficou marcado na Copa do Mundo de 1994 por um gol contra assinalado para os EUA, o que acabou eliminando sua seleção. Ele foi assassinado em 2 de julho, e a teoria mais aceita para o incidente fatal é a de que pessoas perderam muito dinheiro em apostas por causa do lance infeliz.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook