Como fazer extensão capilar

Como fazer extensão capilar

A extensão capilar pode ser feita utilizando diferentes técnicas e pode ser feita em cabelos curtos, médios ou já longos. Vale ressaltar que as técnicas de alongamento aperfeiçoam-se a cada temporada e são úteis para dar o volume e corpo que a moda pede. É uma solução também para iluminar os fios sem recorrer à química –basta “colar” mechas mais claras do que o tom natural. A lista de opções vai desde apliques móveis (com presilhas) até os duráveis. Como fazer extensão capilar

Com o passar dos anos, a aplicação de mechas de cabelo humano modernizou-se e o resultado final é cada vez mais natural. Telas e nós foram substituídos pela adesão por queratina, ativo usado por marcas consagradas de alongamento capilar.

Para que o processe realmente funcione, tanto em termos de textura, como tamanho, volume e cor é importante procurar o auxílio de um especialista para que não cause danos ao couro cabeludo. Entre os perigos mais comuns quando o procedimento é mal executado estão a queda temporária dos fios naturais até a alopecia cicatricial, perda de cabelo irreversível em locais pontuais.

Para aderir, os cuidados iniciais são basicamente os mesmos para qualquer técnica. Os fios precisam estar saudáveis e com comprimento equivalente a três ou quatro dedos, pelo menos. O profissional auxilia na escolha do volume e textura ideais, além do tamanho dos fios. Vale lembrar que os procedimentos são demorados e podem durar até cinco horas, e requerem manutenção. “Independentemente do método escolhido, são necessárias hidratações semanais e checagem periódica dos apliques. No dia a dia, é preciso secar as junções de cola ao lavar os cabelos e, principalmente, não dormir com eles molhados”, relata Selma Silveira, técnica da EuroSoCap Brasil e cabeleireira especializada em alongamento.

Quanto custa?
As técnicas de alongamento custam entre R$ 3.500 a R$ 5.000.

Duração do procedimento:
De duas a três horas, mas pode variar de acordo com a quantidade de cabelo aplicada.

Como é feita a manutenção?
Após três a quatros meses todas as mechas são retiradas e a recolocação só pode ser feita dois ou três dias depois. “Depois de retirado, o cabelo não é reutilizado. É preciso refazer o procedimento todo”, explica Luciana. Além disso, é importante uma visita quinzenal para o cabeleireiro acompanhar o crescimento dos fios.

Como fazer extensão capilar

Como fazer extensão capilar

Como fazer extensão capilar

extensão capilar

extensão capilar

Feito por Marília Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook