Commodities

Curso Commodities: Aprenda a investir em COMMODITIES – CURSO

Curso de Commodities

O que é Commodities e como investir?

Commodities

Foto: Commodities

As commodities são bens de qualidade uniforme produzidas em grandes quantidades sendo que as produções de cada um são equivalentes (o petróleo da Aramco é igual ao da Exxon, p.ex.). Num mercado de commodities, é a estandardização subjacente definida pelo contracto que a define como uma mercadoria e não a qualidade inerente à produção de um produtor específico.

 

Uma commodity é um bem fungível, ou seja, é equivalente e trocável por outra igual independentemente de quem a produz, como por exemplo o petróleo, a resma de papel, o leite, o cobre e os imóveis.

Por exemplo :

  • O preço do cobre é universal. As flutuações de preço diárias são baseadas na oferta e na procura globais.
  • Já num sistema de som existe uma diferenciação de produto em muitos aspectos, tais como a marca, o interface do utilizador, a qualidade aparente, etc. Desta forma quando maior foi o seu valor aparente, maior será o seu preço.

Uma das características das commodities é que o seu preço é determinado como uma função do seu mercado no todo. As mercadorias físicas são activamente transaccionadas no mercado à vista (spotmarket) e no mercado de derivativos. Em geral, são matérias-primas e produtos agrícolas tais como minério de ferro, petróleo, carvão, etanol, sal, açúcar, café, soja, alumínio, cobre,arroz, trigo, ouro, prata, paládio e platina. Mercadorias agrícolas (soft commodities) são bens que são cultivados, enquanto que a mercadorias pesadas (hard commodities) são bens que são extraídos ou minerados.

O que torna os produtos de base muito importantes na economia é o fato de que possuem cotação e “negociabilidade” globais; portanto, as oscilações nas cotações destes produtos de base têm impacto significativo nos fluxos financeiros mundiais, podendo causar perdas a agentes econômicos e até mesmo a países. O mercado de derivativos surgiu como uma proteção aos agentes econômicos contra perdas provocadas pela volatilidade nas cotações dos produtos de base.

Existe também uma outra classe de commodities energéticas que incluem a electricidade, o gás, o carvão e o petróleo.

A electricidade tem a característica particular de não ser armazenável, seja por razões técnicas ou de viabilidade económica, pelo que tem de ser consumida de imediato.

A passagem à qualidade de commodities (comoditização) ocorre quando o mercado de bens ou serviços deixa de fazer a diferenciação de produto na sua base de fornecimento, na maioria das vezes causada pelo desaparecimento do ónus do capital intelectual (patentes, etc) que era necessário para o adquirir ou produzir de forma eficaz. Assim, produtos transformam-se em mercadorias quando o seu preço base deixa de ser onerado com a aplicação de um prémio (premium) para os detentores desse capital, como no caso dos genéricos da industria farmacêutica ou dos circuitos integrados (chips).

 

Tipos de commodities

Agrícola: café, trigo, soja;
Mineral: ouro, petróleo, minério de ferro;
Financeira: dólar, euro, real, Bitcoin;
Ambiental: água, créditos de carbono;
Recursos energéticos: energia elétrica;
Química: ácido sulfúrico, sulfato de sódio;

 Onde Estudar?

http://investidoressa.com.br/

Imagens de Produtos Commodities

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook