digital influencer

Escolha de influencer digital precisa ser definida com critérios básicos

Os influenciadores digitais são a nova tendência do marketing digital, e não à toa pois o trabalho com os web influencers tem se mostrado realmente muito promissor e vantajoso. O investimento neste tipo de estratégia pode resultar na obtenção de resultados até 6x maiores.

Mas como qualquer tipo de plano de comunicação e marketing, é preciso levar em consideração alguns critérios básicos antes de sair por aí escolhendo aleatoriamente um embaixador da marca.

Saiba o que levar em consideração na escolha do influencer digital de sua marca.

Critérios para o Marketing de Influência

O trabalho do  influenciador digital está fundamentado em três pilares, relevância, ressonância e alcance. Estes três aspectos precisam ser avaliados pela empresa com o foco na definição de qual será a melhor estratégia para trabalhar no ambiente digital de acordo com a intenção marca.

A relevância trata sobre o quão especialista o influenciador digital é sobre o assunto do seu interesse. Por exemplo, empresas que confeccionam roupas podem contratar uma digital influencer de moda para falar o lançamento de sua próxima coleção de vestidos, pois a digital influencer terá relevância  para falar no assunto, mas o mesmo não acontece, na mesma proporção, com um influencer esportista, por exemplo.

Já a ressonância leva em consideração o engajamento que as publicações têm. Basicamente, o engajamento é mensurado pela interação dos seguidores em um post, como por exemplo visualização de stories, curtidas em uma foto etc.

O alcance, por sua vez, é a quantidade de audiência que um influenciador possui, como por exemplo quantidade de seguidores ou curtidas em uma página oficial do Facebook.

Decida a prioridade desses três fatores  fatores para sua empresa. Você quer falar com muitas pessoas? Quer ser visto de fato? Faz questão de ter um embaixador especialista?

Recentemente, muitas empresas estão apostando em micro influenciadores e nano influenciadores. Estes dois novos perfis priorizam não o alcance, mas sim a interação uma vez que os influenciadores deste porte tem poucos seguidores, mas  que de fato interagem com suas publicações.

A ascensão dos micro influenciadores também se deve ao fato de que a compra de seguidores robôs tem crescido nas mídias sociais, fazendo com que os influenciadores digitais com menor alcance, apesar de ter audiência menor, se tornassem uma aposta certeira para impactar o público-alvo.

Mas não basta ter grande audiência, tão pouco interagir com ela, o web influencer precisa ser ético, alinhado à cultura e valores da empresa. Já pensou associar associar a imagem de sua marca a uma pessoa que até pouco tempo defendia questões que vão de encontro com sua organização?

Estes e outros pontos precisam ser investigados antes de fechar qualquer parceria, por isso, o ideal é deixar que o marketing de influência seja intermediado por uma assessoria de imprensa, que indicará o perfil de influenciador apropriado de acordo com o objetivo e os valores da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook