Como funciona a coleta e o transporte de resíduos líquidos

Como funciona a coleta e o transporte de resíduos líquidos

A coleta e transporte resíduos não se limita apenas a realizar um serviço no qual eles passarão por um tratamento que possibilita o descarte no meio ambiente. Mais importante do que isso, é sobre pensar em formas de fazer um trabalho com consciência ecossistêmica. Veja como funciona a coleta e o transporte de resíduos líquidos.

Coleta e transporte de resíduos líquidos

A coleta de resíduos é importante para evitar contaminações ocasionada pela coleta de resíduos perigosos, como por exemplo os que podem acarretar em doenças transmitidas por vias aéreas, e também a contaminação que ocorre por meio do contato com as substâncias.

Além disso, o vazamento que pode vir a acontecer durante uma coleta de resíduos infectantes pode prejudicar a natureza por meio da poluição de águas pluviais, solo e afins.

Quando esses procedimentos são realizados de maneira indevida, as empresas responsáveis são multadas, além de terem de arcar com todos os danos causados, de forma que tenham de pagar por todos os procedimentos que serão executados para reverter o quadro.

De acordo com a resolução nº357 firmado pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente no dia 17 de março de 2005, antes de realizar a coleta de resíduos industriais e posteriormente o descarte, é imprescindível de que esses líquidos passem por tratamentos, para que assegure a sua destinação correta conforme a sua nova composição físico-química.

Um dos cuidados mais imprescindíveis a serem tomados durante o processo da coleta e transporte de resíduos líquidos é que os materiais não podem ser misturados no mesmo coletor. 

Isso porque o contato de propriedade diferentes podem resultar na contaminação de ambos, prejudicando assim o tratamento que será realizado em seguida – uma vez que efetuado de acordo com a estrutura química de cada um.

Como é o caso da classificação da norma NBR 9648, que faz a classificação entre esgoto doméstico, água de infiltração, contribuição parasitária, e esgoto industrial.

Como saber a procedência do serviço

Para assegurar que a sua empresa cumpriu com as condutas e leis estabelecidas durante a coleta de resíduos líquidos, é importante que seja emitido o “Certificado de Destinação”, pois ele comprova quais foram os processos aos quais os líquidos foram submetidos, de forma que eles de fato poderiam e podem ser destinados ao local de descarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook