Feira da indústria de resinas plásticas

Feiplastic aquece mercado de indústrias de resinas plásticas

A Feiplastic, maior evento da indústria de resinas plásticas da América Latina  que ocorreu entre os dias 22 e 26 de Abril no Expo Center Norte, bateu recorde em negociações, a expectativa é que o volume de negócios tenha superado US$ 1,6 bi.

Em rodadas de negócios internacionais foram contabilizados aproximadamente R$ 15 milhões e a expectativas é que o faturamento continue a crescer pelos próximos meses, totalizando R$ 52 milhões. As rodadas de negócios nacionais  não ficaram atrás, com expectativa de faturamento de R$ 21 milhões, 96% dos compradores e expositores avaliaram as reuniões como excelente ou ótimas.

Cerca de 70 empresas brasileiras fizeram negócios com 22 compradoras de países como  Estados Unidos, Canadá e outros países da América do Sul.

A Feiplastic atraiu  aproximadamente 50 mil pessoas de nacionalidades de mais de 30 países diferentes. Além disso, mais de mil marcas de fábrica de plásticos e de outros ramos da indústria de plástico participaram do evento em um espaço de 35 mil m².


Importância da Feiplastic

A Feiplastic teve início em 1987, nesta época ainda ainda era chamada de BrasilPlast. Apenas em 2013, com a internacionalização, o evento passou a ser chamado de Feiplastic.

A proposta da Feiplastic é disseminar o conteúdo e as inovações da indústria de termoplásticos e compostos plásticos. Ela  reúne todos os players do segmento, desde fabricantes de matérias-primas até os fabricantes de máquinas de reciclagem.

Com a aproximação é  possível melhorar o networking, fazer negócios e conhecer as novidades do setor.

Já nas primeiras horas do terceiro dia de abertura da feira, a Feiplastic já bateu recorde de visitação com aumento de 17% de visitantes. O poder de compra declarado dos visitantes foi de R$ 266 milhões 5% mais do que o ano passado.

Vale lembrar que a indústria de resinas termoplásticas e de plásticos em geral é a quinta indústria que mais emprega no Estado de São Paulo e tem papel fundamental para o aquecimento da economia.

 

Alternativa para crise internacional da poliamida


Uma das novidades apresentadas na Feiplastic foi o
Qualinyl A01 GW Natural, um material que é utilizado alternativamente em decorrência da escassez de PA 6.6 no mercado, ocasionada pela falta de adiponitrila que dá origem a hexametilenodiamina (HMD), e que por sua vez é necessária para a produção de poliamidas 6.6.

O Qualinyl A01  promete substituir completamente a poliamida 6.6 na fabricação de eletroeletrônicos. O Qualinyl A01 GW também pode ser usado em testes de fios incandescentes e apresenta excelente desempenho.

A apresentação de soluções inteligentes como o Qualinyl A01 é um dos motivos pelos quais a realização de eventos como a Feiplastic é tão importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook