286292-AE

Justiça determina que parte dos funcionários dos Correios voltem ao trabalho

A decisão foi tomada ontem (6) pelo presidente do TST, o ministro João Oreste Dalazen através de liminar. Caso a determinação não seja cumprida, a Fentect terá de pagar uma multa diária de R$ 50 mil.

Os trabalhadores dos Correios estão em greve desde o dia 14 de setembro, e recentemente participaram de uma audiência com a empresa no TST. A reunião terminou em acordo, porém, a proposta acabou sendo recusada quando entrou em votação nas assembleias na quarta-feira. Na ocasião, a Fentect precisava do apoio de no mínimo 18 de 35 dos sindicatos vinculados para tornar válido o combinado, porém não obtiveram este número, mantendo assim a paralisação.

Uma nova audiência para uma tentativa de conciliação entre direção dos Correios e representantes dos grevistas acontecerá hoje (7). A reunião, marcada originalmente para o dia 10, foi antecipada para evitar que o conflito tenha o seu desfecho julgado pelo TST.

Autor e Editor: Valter Neto
Siga-me no Twitter @valter_dragoes
Siga o minuto ligado @minutoligado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook