Preposition word concept on cubes

Para que servem as preposições e como são classificadas?

Entre as dez classes de palavras da língua portuguesa, você encontrará a preposição. Essas palavras não possuem significado nenhum quando analisadas separadamente, mas ajudam a estabelecer relações na frase. Por isso, são essenciais para dar sentido ao todo.

Já que são peças tão fundamentais para o português, as preposições merecem uma análise mais atenciosa. Por isso, separamos aqui tudo o que é necessário saber para usar essas palavras na maneira correta e redigir textos de maior qualidade. Leia mais! 

O que é preposição?

A principal função é ligar dois termos de uma frase ou oração para criar uma relação de sentido entre ambos. Para saber quais são elas, confira a lista de proposições abaixo:

  • a;
  • ante;
  • após;
  • até;
  • com;
  • contra;
  • de;
  • desde;
  • em;
  • entre;
  • para;
  • perante;
  • por;
  • sem;
  • sob;
  • sobre, entre outras.

Agora, vejamos alguns exemplos.

  • Você gosta de basquete?

Na interrogação acima, “de” liga o verbo gostar, “gosta”, ao substantivo “basquete”. Dessa forma, “basquete” será o complemento relativo de “gosta”. 

  • Isabela é uma garota de palavra;

Nesse segundo exemplo, novamente a preposição “de” cria a relação entre o substantivo “garota” e o substantivo “palavra”. No entanto, a relação estabelecida é diferente. Nesse caso, “palavra” será adjunto adnominal de “garota”.

Como as preposições são classificadas?

Agora que você já sabe o que é preposição e alguns exemplos, é hora de entender sua classificação. Essa classe de palavras se divide em dois tipos:

Preposição essencial

São as palavras que possuem como única função serem preposições. São as seguintes: de, após, ante, para, contra, com, desde, em, perante, entre, sob, sobre, trás, sem e por. 

Observe os exemplos para entender melhor:

  • Fui para outro lugar após o fim da aula.
  • Desde que mudei de casa, não sei com quantas horas de antecedência devo sair para ir ao trabalho.

Preposição acidental

São palavras que não possuem a função de ligar dois termos originalmente, mas que desempenham tal papel em algumas situações. Veja quais são as preposições acidentais: como, conforme, fora, afora, feito, salvo, segundo, mediante, visto, etc.

  • Segundo o pesquisador, os resultados foram bastante variados.

Segundo é um numeral, mas, no exemplo acima, desempenha a função de preposição. Seu sentido é sinônimo de “de acordo com”.

  • Salvo os dias de chuva, sempre vou correr no parque.

Salvo, originalmente, é um verbo. Porém, aqui ele desempenha papel de preposição com sentido de “exceto”.

A crase

Você sabia que a crase é formada por uma preposição? De forma bem resumida, a crase é a junção do artigo “a” com a preposição “a” e só deve ser usada antecedendo palavras femininas. Veja alguns exemplos:

  • Vou à mercearia comprar alguns ingredientes para a receita;
  • João contou à garota que as provas seriam fáceis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>