Os hospitais estão criando novas alas para atendimento e até mesmo realizando a locação gerador de energia para garantir um trabalho ininterrupto. Acesse!

Saiba as ações que os hospitais estão fazendo para combater a pandemia do coronavírus

Desde o primeiro caso de coronavírus no Brasil a OMS (Organização Mundial da Saúde) avisou sobre uma possível superlotação nos hospitais. Hoje, após três meses do primeiro caso ter sido anunciado em Fevereiro, os hospitais estão adotando cada vez mais medidas para conseguir atender toda população de forma eficiente, como por exemplo, criando novas alas para atendimento e até mesmo realizando a locação gerador de energia para garantir um trabalho ininterrupto.

Não tem como não se preocupar e procurar por informações sobre o novo coronavírus. No mundo inteiro, no mês de Maio foram registrados 4 milhões de infectados, um dos maiores números sobre uma pandemia. Continue lendo nosso blog e entenda como os hospitais estão agindo para suportar a nova demanda.

A importância da estrutura hospitalar

Antes da pandemia já era essencial cuidar da estrutura hospitalar para que tudo funcione perfeitamente, quando falamos de saúde, errar não é permitido. A locação de geradores, é um método de garantir funcionamento contínuo dos equipamentos dependentes de fonte de energia elétrica.

Com a superlotação dos hospitais a energia pode falhar, causar problemas e danos irreparáveis não só dos equipamentos, mas também dos pacientes que estão em tratamento, por isso, alugar gerador nunca foi tão preciso, até mesmo para as clínicas que estão responsáveis pela realização dos exames.

Além dos geradores, os hospitais estão criando novas alas para poder atender todos os paciente e também isolar aqueles que estão realmente infectados com o vírus da COVID-19, como mais um método para diminuir o contato e consequentemente o contágio.

É preciso cuidar dos profissionais de saúde

É muito importante pensar no aluguel de gerador, novas alas, equipamentos com alta tecnologia para exames, ou seja, em toda a estrutura. Entretanto, o mais importante é cuidar dos profissionais de saúde garantindo treinamentos sobre como se prevenir, e também os produtos de higiene e proteção individual, como por exemplo, álcool em gel e máscaras.

Os serviços essenciais de saúde contam com médicos e enfermeiros, mas não podemos esquecer de nenhum dos profissionais que estão se arriscando para atender os paciente, ou seja, é preciso cuidar das recepcionistas, auxiliar de limpeza, seguranças, entre outros funcionários que estão na linha de frente do combate ao coronavírus.

Cada um desses profissionais possui papel fundamental para garantir que o sistema de saúde funcione. É preciso cuidado e atenção de ambas as partes, pacientes, estrutura e profissionais, em outras palavras, novas alas, aluguel de gerador, itens de higiene e proteção individual e a recomendação básica da OMS — lavar bem as mãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook