Corte a plasma: você conhece?

Corte a plasma: você conhece?

Com grande destaque e crescimento no mercado, o corte a plasma é usado na indústria no processo de corte de metais e outros condutores. 

Esse procedimento é adequado a empresas que buscam cortes com precisão e velocidade de matérias-primas difíceis de serem manipuladas. 

Se esse é um termo novo e você quer saber mais sobre esse processo, esse post é pra você!

Afinal, o que é o corte a plasma?

O corte plasma consiste no processo de perfuração de materiais utilizando o plasma. Mas, você sabe o que é plasma?

O plasma pode ser referido como gás, mas é considerado um outro estado da matéria. Para isso acontecer, uma grande quantidade de calor é adicionada a um gás para atingir o estado plasma. 

Ainda, o plasma é um gás condutor, porque pode transportar a corrente elétrica por onde passa.

Dessa forma, utilizando a tocha para corte plasma, esse gás entra em contato direto com os condutores provocando a fusão entre os dois materiais, levando a um corte preciso de maneira rápida.

Qual a finalidade?

Esse é um procedimento moderno que utiliza o plasma e outras ferramentas para cortar principalmente os materiais mais difíceis. 

Isso porque a máquina de corte a plasma é capaz de perfurar metais, alumínio e também o aço inoxidável. Esse tipo de processo é imprescindível tanto para a soldagem quanto para outros serviços industriais. 

Existem alguns tipos de máquina de corte a plasma, tenha a certeza de escolher a mais adequada para o seu negócio.

O que é necessário para realizar o corte?

Para a técnica ser aplicada corretamente e gerar resultados vantajosos, são necessárias algumas ferramentas e acessórios. Veja a lista a seguir:

  • Uma fonte de corte plasma;
  • Tocha plasma;
  • O gás a ser ionizado para gerar o plasma;
  • Bocal plasma;
  • Consumíveis;
  • Uma boa mesa para corte plasma;
  • Bico de plasma;
  • Líquido de arrefecimento.

Prós e contras

Quando utilizado corretamente, o corte a plasma reduz a chance de deformação por conta da propagação térmica na zona de corte e a rapidez do método. Isso também gera uma considerável economia do gás aplicável.

Porém não deve ser utilizado em pequenos pedaços, porque as altas temperaturas podem deformar as peças.

Anti Respingo no corte a plasma

O Anti Respingo serve para criar uma camada protetora nos processos com metais derretidos, Além disso, evita a aderência de respingos incandescentes na peça soldada e previne possíveis trincas.

É importante considerar o uso desse produto, já que o respingo de solda pode provocar deformações leves e até severas. Outro fator é que o líquido anti respingo de solda possibilita pintura após a aplicação e não precisa necessariamente de locais bem ventilados. 

O Anti respingo pode ser encontrado em spray, gel e líquido.

Agora você já pode se considerar um expert em corte a plasma. Comente aqui o que achou do post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>