O impacto da tecnologia no universo jurídico

O impacto da tecnologia no universo jurídico

A tecnologia avançou absurdamente durante os últimos anos e as práticas proporcionadas pela difusão da internet transformaram todas as esferas da sociedade. Isso afetou incontáveis profissões e com o direito não foi diferente. Inclusive, atualmente, existe o direito digital, que trata exclusivamente sobre questões jurídicas do mundo online.

Acompanhe a leitura e confira as inovações tecnológicas que impactaram o exercício da advocacia!

Armazenamento em nuvem e arquivos digitais

Os documentos físicos e aquela papelada toda estão sendo substituídos por arquivos digitais, armazenados em nuvem, o que chamamos de cloud computing. É basicamente um sistema que permite guardar arquivos em plataformas e servidores virtuais. 

A principal vantagem é a segurança, pois os papéis podem ser perdidos ou danificados. Dispositivos como HDs, pendrives e computadores também estão sujeitos a perdas materiais e erros. Além disso, os documentos ficam disponíveis online, facilitando o acesso para quem precisar deles com urgência. Os serviços de nuvem mais famosos são o Google Drive e o DropBox.

Conferências virtuais

As ferramentas para conferências virtuais já são bastante usadas, principalmente após a chegada da pandemia, que impôs o isolamento social. Elas facilitam as reuniões e conversas à distância, que antes só eram possíveis de forma presencial. 

O Skype é o meio de conferência virtual mais conhecido entre os tantos disponíveis no mercado, como o Google Hangouts e o Zoom. 

Marketing

O acesso a serviços e produtos, com a internet, ficou bem mais fácil, mudando a maneira como o marketing é feito atualmente. Pequenas e médias empresas, bem como profissionais liberais, estão precisando se adaptar para expor seu trabalho no ambiente virtual. Já não basta veicular propaganda em mídias tradicionais, como televisão, jornal e rádio.

Por isso, é fundamental que um escritório de advocacia e advogados mantenham um contato próximo e assertivo com clientes pela internet.

Crimes digitais

Como nem tudo são flores, a internet também despertou os crimes cibernéticos, que utilizam dispositivos eletrônicos conectados para praticar ações criminosas. São crimes relacionados à extorsão de recursos financeiros, estresse emocional e danos à reputação. Por essa razão, o direito digital e o direito compliance precisaram ser desenvolvidos.

Os casos de imagens íntimas vazadas na Internet são um grande e preocupante exemplo. Segundo dados da SaferNet, ONG que monitora crimes e violações dos direitos humanos na internet, em 2020 o Brasil apresentou 1147 casos de sexting. Ou seja, envio de material de conteúdo sexual por redes sociais ou aplicativos de mensagens.

Por fim, podemos concluir que a tecnologia modificou os modos de comunicação do mundo contemporâneo. Ao mesmo tempo em que possibilitou o acesso à várias plataformas que facilitam o dia a dia, gerou novas preocupações. Na área jurídica, Stephen Hawking tem razão: inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>