A obrigatoriedade de água potável no trabalho

A obrigatoriedade de água potável no trabalho

O corpo é composto por cerca de 60% a 70% de água. Apenas com esse dado, é possível imaginar a importância dela para a vida na Terra e para a saúde. A água é responsável, por exemplo, por hidratar, aumentar a absorção de nutrientes e auxiliar no processo renal e metabólico do corpo.

Sendo assim, as empresas devem, por lei, proporcionar em seu ambiente de trabalho condições básicas para a atividade. E água potável é uma delas. É uma obrigatoriedade que, consequentemente, acarreta muitos benefícios, como o aumento da produtividade. O fornecimento pode ser feito através de vários métodos, como purificadores de água e bebedouros.

A água é um direito previsto por lei

Muitas pessoas não sabem, mas o consumo de água em restaurantes, hotéis e bares não deve ser cobrado. Afinal, você pode exigir água potável em qualquer estabelecimento, até mesmo no trabalho. É um direito do cidadão e uma obrigação de negócio com o cliente. Este direito teve influência de uma tradição europeia. Na França, é cortesia servir água para acompanhar uma refeição.

No Brasil, o processo é complexo e lento, pois se trata de uma competência estadual. Assim, não são todos os locais que apresentam tais tornas. O pioneiro no país foi o Rio de Janeiro, que sancionou a lei em 1995. Distrito Federal veio logo depois. Em Sergipe, a regulamentação aconteceu em 2018 e, em São Paulo, no ano de 2020.

Água no trabalho: é obrigatório?

Agora, falando sobre as normas da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), a água é, sim, obrigatória no trabalho. As empresas devem, necessariamente, disponibilizar água potável para seus colaboradores. Seja através de galões ou bebedouros de água. São exigências higiênicas para funcionamento do ambiente de trabalho e para o bem-estar dos trabalhadores.

Quando o fornecimento de água potável não é feito, o negócio em questão fica à mercê de multas e até mesmo suspensão de atividades. Afinal, trata-se de um requisito mínimo. A qualidade da água também é enfatizada: potável e fresca, em quantidade superior a 250 ml por hora/homem.

Métodos de fornecimento de água

Há diversas maneiras de suprir a exigência de água potável em um local de trabalho. O galão é uma opção, e tem um baixo custo. Porém, não se sabe tanto sobre a origem da água e o caminho por qual foi tratada até chegar ao consumo. Inclusive, muitas empresas que utilizam galões são multadas pelas impurezas encontradas no produto.

O bebedouro, por sua vez, geralmente consegue atender locais com maior fluxo de pessoas. Pode ser de torneira ou de bica. Enche copos e garrafas, acessórios que promovem o uso individualizado, como é mais recomendado. Os tipos mais comuns de bebedouros são: de mesa, de coluna e bebedouro industrial. Boa solução para oferecer água potável fresca e de qualidade. 

O purificador de água também é muito interessante. Econômico a longo prazo e mais seguro, limpa a água com extrema eficiência, garantindo um produto sem impurezas.

Por fim, é importante ressaltar que o fornecimento de água potável no trabalho é obrigatório. Seja através de leis ou pelas regras da CLT, todas as empresas devem oferecer hidratação gratuita aos colaboradores. Normalmente, são utilizados galões, bebedouros e purificadores. Todos esses equipamentos, portanto, são facilmente encontrados em uma loja de bebedouro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook