Busca por produtos sexshop cresce na quarentena: entenda o por quê

Busca por produtos sex shop cresce na quarentena: entenda o por quê

Muitas empresas sofreram os impactos negativos que a pandemia proporcionou, mas outros setores, muito pelo contrário, tiveram alta nas vendas e as lojas de sex shop foram uma delas.

Brinquedos eróticos são soluções para relações sexuais na quarentena

A plataforma de comparação de preços Zoom & Buscapé fez um levantamento que mostra a evolução na busca por produtos eróticos no site. Comparando os dados de janeiro e maio, a maioria dos itens teve aumento de pelo menos 30% na procura. Destaque para os jogos eróticos, que subiram 41%. Comparando apenas abril e maio, a busca por comestíveis eróticos cresceu 113%.

Esse aumento está relacionado com a quarentena, afinal, as pessoas estão em casa e para quem não é casado, manter uma relação íntima carnal fica mais difícil., concluindo que os produtos sex shop auxiliem nessa falta!

Casais são os que mais procuram por produtos sex shop


Mas muito se engana quem acha que somente pessoas solteiras buscam por essas alternativas para se satisfazer, vibradores femininos, masculinos, brinquedos eróticos, cosméticos e muitos outros produtos também fazem parte da rotina dos casais.

A pesquisa do portal Mercado Erótico conluiu que quem compra mais acessórios eróticos são as pessoas casadas, somando 27,8% contra os 13,9% dos solteiros. A faixa etária de 25 a 34 anos representa 51,4% dos clientes dos lojistas pesquisados.

Casais que querem sair da rotina, apimentar a relação ou experimentar novas sensações, buscam durante a pandemia, sex shop online que ofereçam novidades e acessórios exclusivos para serem usados a dois.

Solteiros podem se beneficiar com o sex shop online durante a pandemia


Para os solteiros e solteiras essa procura é ainda mais vantajosa, afinal, não precisam se arriscar furando a quarentena para ter uma relação sexual, os vibradores, por exemplo são ótimos meios de ter prazer simulando a penetração.

De acordo com a mesma pesquisa do Portal Mercado Erótico, entre março e agosto, as vendas de vibradores cresceram 50%, com a venda de cerca de 1 milhão de unidades no Brasil.

Além dos vibradores, outros quatro produtos aparecem no ranking dos mais vendidos do ano, segundo levantamento do Mercado Erótico:

 1º Bullet vibrador;

2º Lubrificante íntimo;

3º Gel térmico;

4º Gel para massagem corporal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook