placas de sinalização

Saiba tudo sobre aplicação de placas de sinalização em condomínios

Instalar placas de sinalização em condomínios é questão de segurança, e não é uma opção, e sim uma obrigação. É dever do síndico ir atrás dos fornecedores com agilidade para emissão do documento que atesta que o condomínio está em dia com a segurança.

Em caso de edifícios comerciais, a regra continua a mesma, as placas de sinalização de segurança são essenciais de acordo com a IT 20/2019 de sinalização de emergência — obrigatória para emissão do AVCB (Auto Vistoria do Corpo de Bombeiros).

A sinalização também é importante para elevadores


A sinalização tem um papel fundamental para informar e até mesmo instruir moradores e funcionários. Além de ter que realizar a instalação por toda área comum e escadas de emergência da edificação, é necessário também placas metálicas para elevadores.

A sinalização dos elevadores também é tratada como obrigatoriedade em algumas cidades, como no caso da cidade de São Paulo e está descrita de Lei Nº 9.502 de 11 de Março de 1997. A placa personalizada deve estar em todos os elevadores da edificação com a seguinte frase: “Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo encontra-se parado neste andar”.

Outro ponto importante na cidade de São Paulo — desde 1996, por conta da Lei Nº 11.995 de 16 de Janeiro, é obrigado que em todos os edifícios públicos municipais ou particulares, comerciais, industriais ou qualquer local equipado com elevadores tenham em seu interior placas de aviso personalizada inibindo qualquer forma de discriminação em seu acesso.

Por isso, não se espante ao entrar em um elevador e ver uma placa metálica para identificação com a seguinte frase: “É vedada sob pena de multa, qualquer forma de discriminação em virtude de raça, sexo, cor, origem, condição social, idade, porte ou presença de deficiência e doença não contagiosa por contato social no acesso aos elevadores deste edifício”.


Inclusão na sinalização


A placa de sinalização é essencial para auxiliar também pessoas com deficiência física ou visual, por exemplo. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) desenvolveu a norma brasileira NBR 13434, que regulamenta todas as especificidades relacionadas a esta sinalização.

As placas de sinalização interna também é uma forma de garantir acessibilidade e está descrita em normas e leis de acordo com o Estatuto da Pessoa com Deficiência para garantir acessibilidade e segurança para todos de forma íntegra. Por isso, deve haver sinalização em braille e em alto-relevo para as pessoas com baixa visão ou cegas poderem se localizar.

Além das placas de sinalização para condomínios é necessário aplicar outras medidas, como por exemplo, instalação de corrimão, piso tátil e rampas para pessoas com dificuldade de locomoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook