Conheça a importância dos auto cravantes

Conheça a importância do auto cravante

Os pinos e porcas com sistema auto cravante são indispensáveis para a instalação permanente de montagens, o sistema é muito utilizado na indústria e entrega inúmeros benefícios.

Ao utilizar porcas autocravantes você aumenta a produção e reduz custos, isso acontece porque a instalação desse sistema é mais rápida que porcas soldadas, por exemplo.

Continue lendo e conheça a importância do sistema de pinos e porcas autocravantes.

O que é?

O sistema auto cravante basicamente permite que o parafuso fique posicionado corretamente, assim, atribui a um fixador e uma parte da chapa metálica de forma permanente, sem deformar o elemento de fixação.

Ele pode fazer isso por meio do deslocamento de materiais do painel em áreas especialmente projetadas do fixador, facilitando a montagem dos componentes ao conjunto.

Para que um auto cravante funcione corretamente, é necessário:

  • Que o material do painel dúctil seja mais suave que o fixador;
  • A chapa tenha a espessura adequada;
  • Furos pré-perfurados;
  • Ter acesso aos dois lados da chapa de montagem;
  • Que a área de inserção tenha a profundidade adequada para atingir o ponto de instalação.

Apenas com as indicações anteriores que esse tipo de fixação industrial irá funcionar, garanta que esses passos sejam seguidos adequadamente.

 

Razões para utilizar um sistema auto cravante

Os auto cravantes possuem muitos benefícios, em razão disso, são o sistema preferido na indústria por engenheiros, conheça as principais vantagens desse sistema de fixação industrial:

  • Vasta aplicação: esse método de fixação é prático e bastante eficaz, podendo ser aplicado em chapas de baixa ou alta espessura;
  • Redução de consumíveis: como as porcas auto cravantes não precisam da solda, é possível eliminar os consumíveis;
  • Diminuição de gastos: mais uma vez, com a eliminação do processo de solda, é possível reduzir a mão de obra, e consequentemente, diminuir custos;
  • Produtividade: por ter uma instalação mais simples, o sistema agiliza alguns processos e aumenta a produtividade da empresa.

Essa tecnologia permite o progresso de muitos projetos na indústria.

 

Problemas comuns

Assim como qualquer outro sistema de fixação industrial, como as rebitadeiras, esse tipo pode apresentar alguns problemas se você não tomar alguns cuidados. Pensando nisso, selecionamos os problemas mais comuns e suas causas, com o intuito de evitar dores de cabeça.

Sobre a chapa

A chapa é fator importante para que o processo funcione corretamente. Confira as principais considerações antes de realizar o procedimento com auto cravantes:

  • Dureza: se a chapa for muito dura o cravamento não vai correr perfeitamente, ele pode ser deformado e as peças podem se soltar;
  • Espessura: se for muito fina o perfil pode ser danificado durante a instalação, se for muito grossa cria uma grande quantidade de tamanho grande no lado da fieira;
  • Ductilidade: materiais frágeis quebram durante a instalação.

 

Furo Hiperdimensionado

Se o furo for muito grande, a peça irá mover menos material, assim, as peças podem cair ou ter a diminuição no desempenho.

 

Furo Subdimensionado

Com esse tipo de furo, parte da porca auto cravante pode não encaixar, desse modo, os fixadores podem se deformar durante a instalação e as chapas podem fazer com que as ferramentas sejam removidas das instalações.
Agora que você já sabe o motivo de o sistema auto cravante ser tão importante para a indústria, não deixe de adotar o método para sua empresa, utilize as dicas anteriores para evitar problemas com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook