Diferenças entre técnico em enfermagem e cuidador de idoso

Diferenças entre técnico em enfermagem e cuidador de idoso

A população de diversos países desenvolvidos e em desenvolvimento estão passando por um envelhecimento populacional, ou seja, a taxa de natalidade cai, enquanto aumenta o número de idosos, assim como a expectativa de vida. Continue lendo para saber a diferença entre um cuidador de idoso e um técnico em enfermagem.

No Brasil, a população idosa cresceu 26% de 2016 para 2018, de acordo com dados do IBGE. Nesse panorama, cabe ressaltar que essa fase da vida requer muitos cuidados devido o surgimento de possíveis doenças que fazem os idosos perder a mobilidade e autonomia, ou doenças como Alzheimer e Mal de Parkinson. 

Dessa forma, aumenta também a demanda por profissionais que auxiliem no cuidado dos idosos. Podem ser eles cuidadores de idosos ou técnicos em enfermagem

Cuidador de idoso

Por muito tempo considerado como trabalho informal, devido ser uma profissão sem conhecimento técnico e formação. Mas, a partir de 2012, entrou em vigor a Lei 284/2011, que regulariza a função de cuidador de idoso, desde que fosse maior de idade com ensino fundamental completo e formação em um curso de cuidador de idosos

Esse profissional atua auxiliando o idoso em sua alimentação, locomoção, higiene pessoal, medicação e na organização de seu quarto, roupas e sapatos. Além disso, o cuidador de idosos pode acompanhá-lo em consultas médicas, caminhadas e passeios.

Técnico em enfermagem

Por outro lado, o profissional formado em um curso de técnico em enfermagem, que dura entre um a dois anos com atividades práticas e teóricas, pode também atuar como cuidador de idoso.

Assim como o cuidador de idoso, o técnico em enfermagem auxilia na higiene pessoal, administra a medicação e faz curativos. Entretanto, apenas esse profissional pode injetar medicamentos e aplicar vacinas. Nesse caso, essa função só pode ser realizada em ambientes hospitalares.

Enfermeiros e auxiliares de enfermagem também podem atender essas pessoas. O primeiro, geralmente, atua em casos mais graves, enquanto o auxiliar de enfermagem atua no auxílio de atividades, alimentação e medicação.

Como contratar um profissional adequado?

Ambos profissionais possuem um objetivo: proporcionar bem-estar, segurança e saúde ao idoso. Portanto, você deve escolher entre uma pessoa que frequentou aulas de técnico em enfermagem ou um que fez curso para cuidador de idosos. 

Mas, é importante levar em consideração a paciência e sensibilidade do profissional. Verifique se ele é responsável ou procure contratar um profissional em uma empresa especializada. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook