O inserto com rosca auto-cortante é uma peça usada em diversos materiais para fixação industrial. Saiba mais sobre essa peça! Acesse!

Descubra o que é inserto com rosca auto-cortante

O inserto com rosca auto-cortante é uma peça usada em diversos materiais para fixação industrial. Também conhecido como inserto roscado ou bucha roscada, trata-se de uma bucha metálica cilíndrica com roscas internas e externas.

Como o nome sugere, a peça é auto-cortante. Foi desenvolvida para cortar os próprios fios quando é inserida em um furo. Com isso, não é necessário realizar o pré-rosqueamento.

Como aplicar

Esse tipo de inserto pode ser aplicado manualmente com porcas e parafusos, ou com equipamentos especializados.

Manual

  1. Para aplicar manualmente, você irá precisar de um parafuso;
  2. rosqueie o inserto no parafuso e trave a porca gaiola ou a que for mais adequada para que a peça cortante não gire;
  3. coloque o inserto no local desejado;
  4. destrave a porca e tire o parafuso.

Com desandador

  1. Rosqueie o inserto no desandador e trave a porca;
  2. coloque o inserto no local que deseja aplicar com a ajuda de um porta-cossinete;
  3. destrave a porca e tire a ferramenta.

Com parafusadeira

  1. Rosqueie o inserto na parafusadeira;
  2. coloque o inserto no local da aplicação;
  3. tire o equipamento.

Vantagens

Por ser cortante, a peça possui muitas vantagens, como:

  • alta resistência;
  • suporta vibrações;
  • rosca permanente de alta qualidade;
  • economia de tempo e material;
  • fácil instalação;
  • variedade de modelos

Outras peças de fixação industrial

De acordo com pesquisas, há cerca de 400 mil negócios voltados para a construção civil no Brasil. Além do inserto auto-cortante, existem outros fixadores industriais utilizados nesse setor e em outras situações também. O grupo dos rebites é um deles. Assim como as outras peças, eles também são divididos em categorias de acordo com as suas características.

Por exemplo, o rebite estrutural tem alta resistência e se expande no processo de rebitagem. Enquanto, o rebite semi-estrutural tem fechamento mais sólido. Também existe o rebite hermético, repuxo, rosca interna, entre outros.

Cada situação pede um modelo de rebite, garantindo que o processo seja realizado da melhor forma. Para o processo de rebitagem, são utilizados equipamentos diferentes também.

As rebitadeiras manuais são usadas em casos mais simples, já a rebitadeira pneumática é recomendada para a fixação de rebites de alumínio ou aço inox. Para situações que exigem alta resistência e produtividade, a rebitadeira hidropneumática é a mais indicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook