A advocacia se divide em diversas áreas, uma delas é o direito criminal. Você sabe o que faz um advogado criminalista? Acesse para ler!

Descubra o que faz um advogado criminalista

Você sabe o que faz um advogado criminalista? O Brasil, além de estar entre os países com maiores densidades de advogados em relação à sua população, ele é o país com mais cursos de graduação nessa área. Deste modo, essa área tradicional possui uma ampla atuação na sociedade e se subdivide em campos. Um deles é o direito criminal e penal

O Direito Penal consiste na defesa de bens jurídicos e prevenção de atos ilícitos e essa especialidade é a que possui mais oportunidades no mercado, além de ser a mais rentável. 

É comum encontrar o retrato dos profissionais desse ramo em séries de TV e filmes, mas sempre surge a dúvida sobre o que um advogado de direito criminal faz. Saiba mais sobre quais são as funções desse advogado

 

O que faz um advogado penal?

Todos os cidadãos possuem o direito de defesa. Portanto, o profissional responsável em oferecer isso é o advogado de direito Penal, provando a inocência do seu cliente e garantindo uma pena justa. 

Durante esse processo ele solicita o habeas corpus do cliente, faz pedido de relaxamento, pedido de liberdade provisória e entrar com recursos, por exemplo. Ele pode atuar tanto na defesa do réu, quanto na assistência de acusação.

Além disso, o direito penal não se concentra apenas em crimes como assaltos, roubos, estupros e assassinatos. Atualmente, ele engloba também crimes empresariais, como o desvio de dinheiro, corrupção e crimes ambientais, por exemplo. 

Para exercer sua função com sucesso, o advogado em direito criminal ou penal deve apresentar certas características. Podem ser citadas a boa oratória, comunicação e escrita.

O advogado criminalista tem várias possibilidades de atuação. Foto: Pixabay

O advogado criminalista tem várias possibilidades de atuação. Foto: Pixabay

Áreas de atuação de advogado criminalista

Existem diversas possibilidades de atuação nessa área. São elas:

  • Defensor público: funcionário público que visa atender os cidadãos que não possuem condições financeiras para pagar um advogado particular;
  • Promotor público: responsável pela acusação de julgamentos que ferem o estado ou a ordem social;
  • Delegado de justiça: conduz investigações criminais. No caso da Polícia Civil, esse profissional dirige a delegacia, enquanto na Polícia Federal, abre inquéritos.
  • Juiz: soluciona conflitos de interesses no tribunal. Possui a remuneração dessa área e seus requisitos são variados, desde conhecimentos em outros tipos de direito, até a aprovação em concurso público.

Formação

Para seguir nessa carreira de advogado criminalista, é necessário inicialmente a formação em bacharel de Direito e a aprovação no exame da Ordem de Advogados do Brasil (OAB). Apesar de a programação de conteúdo do curso possuir disciplinas relacionadas ao direito penal, é preciso fazer uma especialização e atualização das mudanças da legislação para ser um advogado de processo penal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Close
!
Imagem animada do Facebook